Marketing Digital Valderlei de Jesus

Como criar conteúdo valioso que realmente se destaca da multidão.

Como criar conteúdo valioso que realmente se destaca da multidão.

No mundo online, muitas vezes você lê ou ouve essas palavras: “o conteúdo é Rei”. É por isso que muitas empresas começaram a empregar estratégias de marketing de conteúdo colocando blogs em seus sites e publicando seu conteúdo em muitos lugares diferentes.

Publicar conteúdo valioso que realmente ajuda as pessoas não é bom apenas para o SEO da sua marca, mas também incentiva o engajamento com seu público.

O conteúdo também define você como uma autoridade ou líder de pensamento em seu nicho, o que, por sua vez, leva a novas vendas para o seu negócio. Ou seja, a produção de conteúdo de valor, de forma inteligente e estratégica, além de estabelecer você como uma autoridade no mercado, gera lucro no longo prazo.

Então, comece a produzir conteúdo rico.

Vamos dar uma olhada nos principais tipos de conteúdo distribuído regularmente.

Os tipos mais populares de conteúdo que você pode usar para espalhar sua mensagem

Os tipos mais populares de conteúdo

Os tipos mais populares de conteúdo

Você pode produzir seu conteúdo em vários formatos e distribui-lo de várias formas na internet.

Seu conteúdo pode ser em formato de texto como em artigos ou postagens de blog (como o que você está lendo), pode ser em formato de vídeo como aqueles que você vê no YouTube, ou pode estar em um formato de áudio como aqueles que você ouve em podcasts e ainda existe os infográficos que fazem muito sucesso.

Com tanta concorrência hoje em dia, as pessoas estão sempre apresentando novas maneiras de fazer o seu conteúdo se destacar da multidão.

O plano passo a passo para criar um negócio online.

Nesta seção, vou mostrar-lhe os tipos de conteúdo mais populares que você pode usar para promover o seu produto ou negócio evergreen:

Artigos ou postagens de blog

Esses conteúdos baseados em texto são formas constantes de conteúdo que algumas pessoas sempre favorecerão. Os motores de busca, por exemplo, usam seu conteúdo escrito para classificar várias páginas do seu site.

A pesquisa também mostrou que as empresas que blogam ativamente obtêm mais tráfego para seus sites do que aquelas que não o fazem.

Artigos informativos, postagens científicas, comentários de produtos e muito mais, são o que geralmente traz pessoas para seu site.

As pessoas lêem seu conteúdo e tomam decisões com base nas informações que você apresenta (se você é confiável, é claro).

Vídeos

Existem muitas plataformas de vídeo disponíveis online, mas tenho certeza que a primeira coisa que surgiu em sua mente quando leu VIDEOS, foi o YouTube.

O YouTube é o segundo maior mecanismo de busca, logo após o Google. As pessoas vão ao YouTube para assistir todos os tipos de coisas – desde vídeos de gatinhos engraçados a aprender como consertar seus PCs.

Para o seu negócio evergreen, o marketing de vídeos do YouTube tem muitos benefícios para você. Você pode fazer vídeos dizendo às pessoas como usar seu produto no mundo real, ou você pode mostrar por que seu produto é melhor do que seus concorrentes.

Este é um tipo de conteúdo que pode ser popular com seus seguidores.

Podcasts

Os podcasts tornaram-se bastante populares nos últimos anos. Muitas pessoas adoram podcasts porque eles permitem que você consuma o conteúdo mesmo quando está dirigindo ou se exercitando na academia ou limpando a casa.

Em suma, os podcasts permite que as pessoas façam múltiplas tarefas.

Se você fizer podcasts como parte de sua estratégia de marketing de conteúdo, você irá apreciar o fato de que criar este tipo de conteúdo é tão fácil como gravar a si mesmo falando em um microfone. E você pode fazer isso usando o gravador do seu celular.

Você pode rapidamente estabelecer-se como um líder de pensamento em sua indústria se você fornecer muito valor para seus ouvintes.

Infográficos

Infográficos podem lhe custar algum dinheiro se você não sabe como fazer isso sozinho. Mas as pessoas adoram os infográficos, pois é muito mais fácil de consumir a informação do que ler duas páginas de texto que contêm a mesma informação!

Além de fornecer conteúdo valioso de uma só vez, as pessoas também podem se conectar facilmente à sua infografia quando mencionam suas postagens.

Isso lhe dá muitas oportunidades de conseguir backlinks para o seu site, o que é ótimo para o SEO do seu site.

Os infográficos também são bastante populares nas mídias sociais, então não se esqueça de compartilhá-los em seus canais de mídia social e peça a seus seguidores para compartilhá-los com sua rede também.

No Brasil não tem muitos profissionais usando este formato de conteúdo. E dos poucos que vi, quem melhor o faz é o Henrique Carvalho do ViverdeBlog.

Os 5 ingredientes que tornam o conteúdo ótimo

Os 5 ingredientes que tornam o conteúdo ótimo

Os 5 ingredientes que tornam o conteúdo ótimo

Antes de ensinar como criar conteúdo que realmente se destaque na multidão, deixe-me mostrar primeiro estes cinco “ingredientes” que definem um conteúdo excelente.

Conteúdo original

O Google odeia o conteúdo duplicado. E também os seus leitores não apreciarão.

Se você quiser que as pessoas continuem seguindo você, é melhor se destacar da multidão. Não basta copiar e colar o conteúdo de outras pessoas. Isso, inclusive, pode causar muitos problemas.

Além disso, nem pense em usar robôs ou filtros de conteúdo para criar conteúdo spinado para o seu blog. Isso apenas resulta em mais “conteúdo de lixo” na internet. E nós queremos criar conteúdo de valor.

Se você realmente deseja que seu conteúdo seja ótimo, então você precisa criar conteúdo original. E por original, não quero dizer copiado e reorganizado.

Se você deseja estabelecer-se como uma autoridade em seu nicho, então você precisa reservar um tempo para escrever algo que muitas outras pessoas não sabem ainda.

Ou se você não tem experiência, então você pode terceirizar a criação do seu conteúdo para alguém que realmente conheça o assunto.

O objetivo é que as pessoas e os motores de busca possam recompensá-lo a longo prazo por você ter investido tempo para criar conteúdo original, que, de fato, ajuda as pessoas.

Acionável

Tenho certeza que você já se deparou com artigos bem escritos, realmente úteis, mas que o manteve preso no final.

Por quê?

Porque não há chamada para ação ou o conteúdo em si não foi acionável. O que você acabou de ler não diz o que você deveria fazer, então deixa você confuso no final.

Se você deseja que as pessoas reconheçam o seu conteúdo como ótimo, então você terá que oferecer conselhos ou dicas acionáveis ​​em seu conteúdo.

Você não precisa lhes dar um detalhamento passo a passo, mas seu conteúdo deve, pelo menos, facilitar a identificação do que o seu público precisa fazer para aplicar as informações que você está dando a eles.

Ter uma excelente headline

A headline (título) é a primeira coisa que as pessoas vêem quando chegam ao seu conteúdo. Eles não vão pular para o corpo do artigo, não, eles não vão direto ao conteúdo em si. Eles vão ler a sua manchete e só então eles vão decidir se querem continuar lendo o conteúdo.

Em essência, uma ótima manchete é o que faz o seu leitor querer continuar com a leitura.

Se você escreveu um título genérico e chato, seus leitores talvez não desejem o suficiente ler o primeiro parágrafo. Eles simplesmente fechariam a aba do navegador e passariam para o próximo site.

Então reserve um tempo para pensar no título dos seus artigos, vídeos, podcasts, etc.

Resolver um problema

As pessoas verificarão seu conteúdo se acharem que pode ajudá-los a resolver um problema, responder suas perguntas – sanar suas dúvidas, em suma, curar uma dor.

Se você está oferecendo a solução para um problema ou você tem a resposta para suas perguntas, então eles vão verificar seu conteúdo.

Mas hoje em dia, as pessoas não querem apenas respostas. Queremos respostas rápidas. Eles querem respostas imediatamente.

Mesmo se você tiver as respostas às suas perguntas, se elas não conseguem encontrá-la rapidamente, eles vão sair e procurar em outro lugar. Certifique-se de estruturar seu conteúdo de tal forma que seu público possa ver imediatamente o que eles vieram buscar.

Escreva em uma linguagem que seu público entende

Este é um ingrediente importante para criar um excelente conteúdo. Em primeiro lugar, você precisa saber quem é seu público-alvo para que você conheça o tipo de linguagem que eles usam, suas gírias e terminologias.

Se o seu conteúdo é orientado principalmente para Millennials, use sua linguagem.

Não use palavras difíceis que sejam mais aptas para as pessoas na academia de letras.

Ao usar sua linguagem, você está fazendo seu conteúdo confiável. Você está tornando mais fácil para as pessoas confiarem em você e eles facilmente vão recebê-lo em sua comunidade porque você pertence à mesma tribo.

Sua linguagem lhes dirá que você é um deles.

Como criar conteúdo que se destaca na multidão

Como criar conteúdo que se destaca na multidão

Como criar conteúdo que se destaca na multidão

Agora que você conhece os diferentes tipos de conteúdo que você pode usar e se diferenciar da concorrência, bem como os ingredientes que fazem o conteúdo realmente um conteúdo de valor, é hora de mostrar como você pode criar conteúdo que realmente irá ressoar com seu público.

Antes, porém, um lembrete: Você não escreve para toda a gente. Você escreve para o seu público. Então, saiba quem é seu público.

1# Compreender a jornada do seu público

Ao criar conteúdo, é importante identificar ou reconhecer o estágio em que seu público-alvo está em seu funil de vendas. Por exemplo, se você quiser colocar sua marca na frente de uma audiência nova ou fria, você não vai vender para eles imediatamente.

Você precisa primeiro aquecê-los para que eles confiem em você.

Você precisa se posicionar como uma autoridade ou como um especialista para que eles se movam mais para baixo do seu funil de vendas.

No lado do cliente, é chamado de sua jornada.

Mas, no lado do marketing, é mais conhecido como o funil de vendas. À medida que seu cliente continua com sua jornada, ele está seguindo em frente no seu funil.

Tradicionalmente, existem 5 etapas em um funil de vendas:

  • Consciência
  • Engajamento
  • Descoberta
  • Compra
  • Retenção

Você não quer servir o mesmo tipo de conteúdo para pessoas que estão ainda na fase de conscientização.

Da mesma forma, para aqueles que estão no estágio de compra, você não quer trazê-los de volta ao estágio de conscientização ou engajamento, pois essas pessoas estão agora prontas para comprar de você. Então, venda a elas!

2# Faça o seu conteúdo relevante

Se você sabe onde seus clientes estão em sua jornada, então é fácil para você criar conteúdo relevante.

Se eles ainda não o conhecem, tente se posicionar como alguém em quem eles possam confiar publicando conteúdo que cimenta sua autoridade em seu nicho.

Mas não deixe seu conteúdo ser sobre você. Faça-o ser sobre seus clientes ou seu público. Se você fala demais sobre se mesmo, isso irá afastar as pessoas da sua marca – seu negócio.

Ninguém quer ouvir pessoas que falam muito sobre si mesmas.

É como se fosse um primeiro encontro com um estranho, você não gostaria de sair com eles novamente se eles falassem demais sobre si mesmos, certo?

O mesmo vale para o seu conteúdo.

Faça a sua audiência se sentir especial, abordando suas preocupações e suas perguntas. Pergunte-se se o seu conteúdo responde à pergunta: “O que há neste conteúdo para os meus clientes?”

É importante dar a resposta correta porque, quando capta sua atenção e suas emoções, você criou conteúdo com sucesso que se encaixa com seu público.

3# Saiba quem é sua audiência

Saber quem é o seu público-alvo é importante para que você possa criar conteúdo relevante para eles.

Se você não tem ideia de quem é o seu principal modelo demográfico, então você estará publicando conteúdo que pode ser uma falha grave na audiência.

Você gasta muito tempo criando conteúdo, então você deseja aproveitar ao máximo. É por isso que saber quem é seu público-alvo é tão importante para o seu sucesso nos negócios online.

Na verdade, alguns comerciantes recomendam criar avatares de clientes e colocá-los em algum lugar onde você pode vê-los o tempo todo. Quando você está criando seu conteúdo, você pode olhar seu avatar e tentar colocar-se no lugar deles.

Se você está escrevendo para mães, então você tem que pensar como uma mãe. Pergunte a si mesmo se as mães que vão ler seu conteúdo acharão útil a informação, bem como fácil de consumir.

Será que elas poderão se relacionar?

Se você fizer isso, você não só torna seu conteúdo relevante, mas também cria conteúdo que ressoará com seu público – que os envolverá.

Saber quem é o seu público também irá ajudá-lo a usar o tipo de linguagem que seu público usa, como eu mencionei na seção anterior.

Para as mães, você deveria usar palavras que apelem para as mães, obviamente.

4# Faça uma chamada à ação

Fazer uma chamada para a ação no meio ou no final do seu valioso conteúdo é importante. Se você está direcionando as pessoas no estágio de conscientização, coloque um apelo à ação que ajudará a movê-los para a próxima etapa do seu funil.

Se você acha que está pronto para mudar para o estágio de compra, crie o conteúdo apropriado para este conjunto de público.

Ao escolher qual chamada para ação usar, você precisa se colocar de novo no lugar da sua audiência.

Com um pouco de psicologia, você pode se conectar com seu público.

Por exemplo, para aqueles que acabaram de tropeçar em seu conteúdo pela primeira vez, você deve incentivá-los a se inscrever na sua lista de contatos. Se você não tem uma lista de e-mails, você precisa começar a criar uma o mais rápido possível.

Ao juntar-se à sua lista, você tem outra avenida para entrar em contato com eles e trazê-los de volta ao seu site, uma e outra vez.

Se você continuar a dar valor às pessoas, elas estarão dispostas a colocar a mão na carteira e usar seu dinheiro suado para comprar qualquer produto ou serviço que você esteja recomendando.

Você está pronto para começar a criar conteúdo incrível?

Use todas as dicas que compartilhei neste artigo para criar seu conteúdo incrível. Se você é novo na criação de conteúdo, apenas pense nisso como contar histórias para o seu público – torne o conteúdo envolvente e acionável.

Para não perder o interesse do seu público, talvez tente usar um pouco de humor se ele se encaixa no seu nicho.

Para garantir que você publique conteúdo regularmente, crie um cronograma de conteúdo e faça o melhor para manter esse cronograma. Será difícil no início, mas com um pouco de prática, criar um conteúdo valioso que ressoa com seu público em breve será fácil para você.

Então comece agora mesmo!

Para se aprofundar e usar tudo isso em seu negócio clique aqui!

Sobre o autor | Website

Olá, seja muito bem vindo ao Blog. Sou Valderlei de Jesus, proprietário e administrador do blog. Sou autor do livro MindSet Dominado e também Hábitos de Sucesso, ambos digitais. Sou o criador do blog Viver Com Prosperidade, o melhor blog de desenvolvimento pessoal do Brasil, com mais de 50.000 assinantes.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!