Metas Motivação Valderlei de Jesus

Como se concentrar para produzir?

Como se concentrar para produzir?

Como se concentrar nas coisas importantes é um saber indispensável nos dias de hoje. É a era da Informação, mas pode facilmente, ser chamada de era a da distração.

Embora o mundo sempre foi cheio de atividades e distrações, elas nunca foram tão incessante como são agora.

Além dos ocupados telefones, as pessoas têm de lidar com e-mails e redes sociais com suas notificações, abas do navegador de internet abertas, e soando os telefones celulares a todo instante.

É o preço por estarmos tão conectados.

Mesmo que o acesso a informações seja benéfico, isso também significa dividir sua atenção entre várias situações, forçando você a lidar várias coisas ao mesmo tempo.

No trabalho, com todos os e-mails inundando a sua caixa de entrada exigindo resposta imediata, a secretária no telefone que toca sem parar, de clientes e ou parceiros, da mesma forma, o material de leitura, aparelhos e a famosa papelada.

As ocupações não acabam

 

Quando chega em casa, você vai ter que percorrer os 500 canais na TV, com 500 milhões de anúncios gritando por sua atenção.

O computador ligado, onde mais trabalho está esperando por você, as redes sociais com suas notificações, as mensagens de texto, as pessoas, as chamada no telefone, e as crianças ou parceiros estão buscando sua atenção, também.

E não para. É estressante.

Embora seja uma coisa boa o crescimento da internet, e que todos parecem está conectados, todo mundo parece estar correndo contra o tempo livre muito rápido.

Quando você vê o domingo já passou. O final de semana já se foi, tão rápido ou ainda mais rápido que o anterior.

Envolver-se em atividades on-line parece ter se tornado viciante por causa do feedback positivo instantâneo que ela traz. Isso faz você se sentir bem para receber um e-mail, ou ver as curtidas das suas ultimas postagens no Facebook.

Mas essas coisas só acabam comendo um monte do seu tempo. Quando chega no final de mais um dia de trabalho, na de trabalho feito. Produtividade, zero.

Estar conectado parece estar crescendo, naturalmente, como parte de um estilo de vida.

Você tem que estar conectado a qualquer hora, em qualquer lugar, em casa, no carro, no trabalho, seja onde for. Mas todo mundo precisa controlar este sentido de conexão para evitar distrações excessivas. É aqui que entra o poder do foco.

Conectados desconectados

 

Recentemente, eu fiz uma experiência simples, mais que confirma tudo que foi citado a cima.

Estava em uma pizzaria com alguns amigos, e confesso que já nos vi bem mais entrosados.

Estávamos lá, mas estávamos muito mais presente nas redes sociais e ao nosso querido, indispensável WhatsApp, do que necessariamente, uns com os outros.

O mundo conectado é maravilho, mas, cada vez mais perdemos a conexão com as pessoas!

E quando você decide se desligar, a sociedade não pode permitir isso.

Sim, algumas pessoas podem aplaudi-lo por tentar fazer algo diferente, mas, mais pessoas provavelmente vai se sentir, de alguma forma, indignadas ou ofendidas, pensando que você se tornou muito arrogante ou que você não gosta do que elas estão fazendo para se manter conectadas.

Só para testar a sua tendência de se distrair, quantas vezes você parou enquanto está lendo este artigo?

Quantas vezes você parou para fazer outras coisas, qualquer coisa?

Para verificar o e-mail?

Para ceder a uma distração visual ou áudio?

Para falar com outras pessoas?

Você percebe conde quero chegar?

Em um mundo livre de distrações, você teria respondido zero a todas estas perguntas. Mas o mundo real é realmente cheio de distrações de todo tipo. O tempo todo. Nós não temos foco nas coisas que importa, de verdade.

Por que procurar Foco?

 

Se você está perseguindo a vida como uma pessoa criativa, como um artista, desenhista,

escritor, músico, fotógrafo, e profissões semelhantes, é necessário exercitar o poder se concentrar.

Distrações podem arruinar a criatividade em um piscar de olhos.

Você não pode criar qualquer coisa se você está respondendo a e-mails, postando no Facebook, lendo um blog ou respondendo WhatsApp.

E mesmo quando você pode alternar entre estas coisas, você será, realmente, capaz de fazer algo eficaz?

Quando você analisar com cuidado, certamente vai perceber que seu tempo criativo e atenção, estão comprometidos, portanto, arruinando o seu processo criativo.

Todo o tempo gasto em comunicação com outras pessoas ou entretenimento, ou outras distrações é um tempo gasto longe do seu processo de criação.

Está conectado, o tempo todo, não ajuda no sentido de incentivar o seu poder criativo.

É claro que você pode aprender novas ideias com outras pessoas, ao ver seus comentários, mas você precisa parar e passar algum tempo na criação e criar sozinho.

Você pode fazer isso, separando um tempo para cada processo. Tire um tempo para a comunicação, e reserve o tempo necessário para a criação. Tente não misturar.

Quando você separar esses processos, você pode se concentrar cada vez mais num processo específico.

Seu tempo para a criação será gasto na verdade, criando alguma coisa, tornando-o mais produtivo.

Separe seus interesses e procure apreciar o tempo gasto para cada um deles.

Além de passar um tempo no seu processo de criação, você também precisa de tempo livre, para o bem da sua felicidade. Reserve algum tempo para cuidar dos níveis de estresse, e paz de espírito.

É importante que você seja completamente desligado e contemple uma experiência real de solidão.

Você pode tirar uma soneca, escrever, correr, ler, ouvir, assistir ou participar de uma conversa calma com os seus entes queridos.

Benefícios da desconexão

 

Você pode fazer um monte de coisas quando você está desconectado de toda essa parafernália.

Isso irá permitir que você desfrute das seguintes coisas:

  • Terá a oportunidade de se concentrar no seu processo de criação;
  • Irá ajudá-lo a recuperar o seu foco no trabalho e em outras coisas importantes da vida;
  • Você vai se reconectar com as pessoas sem nenhuma distração;
  • Irá ajudá-lo a descansar das distrações de e-mail, Facebook, Twitter, notícias, blog, e tantos outros;
  • Vai aumentar a sua produtividade e seu senso de satisfação;
  • Permitirá você a ler bons livros;
  • Vai ajudar você a se livrar do estresse;
  • Vai trazer mais paz de espírito;
  • Você terá mais tempo para refletir sobre a vida.

Estas são apenas algumas das coisas que você pode conseguir quando você experimenta a desconexão.

Mas, e então, como fazer isso?

 

  • Desligue tudo. Desligue o celular, desative a sua conexão de internet.
  • Experimente uma vez por dia a desconexão programada. Defina um determinado período de tempo para isso, esse período pode ser 1 hora, no mínimo. Acredite, uma hora sem internet, não mata.
  • Encontre um lugar sem conexão com a internet. Você poderia ir para um café ou bibliotecas públicas sem uma conexão sem fio.
  • Vá respirar um ar livre. Vá correr ou caminhar sem um telefone e tente desfrutar da natureza, com o seu parceiro ou parceira, filho ou amigo.
  • Desligue os seus dispositivos móveis. Você pode fazer isso enquanto dirige, ou quando você se encontra com alguém.

Já percebeu como é chato, e mesmo irritante, quando tenta conversar com uma pessoa pendurada no celular?

  • Estabeleça limites. Você pode ligar e desligar o seu aparelho celular em intervalos de tempo preestabelecidos. Desligue por 1 ou 2 horas, enquanto faz uma determinada tarefa. Ligue novamente por 15 minutos, como recompensa para se concentrar no que você está fazendo.
  • Não traga trabalho para casa. Isso, claro, se você não trabalha em casa. Depois de ter passado o dia no trabalho, certifique-se de se concentrar em questões fora do trabalho. Concentre-se em si mesmo ou sua família, ou lazer.

É lamentável que ficar conectado parece ter se tornado um vício. Mas você pode combater isso usando essas dicas:

  • Determine seus gatilhos. Liste as dicas a baixo;
  • Procure hábitos positivos que podem substituir os antigos que geraram maus hábitos e vícios. Se você deseja parar de fumar, você pode ver o que o levou a está onde está agora;
  • Mude os seus gatilhos, um de cada vez. Em vez de abrir o seu perfil nas redes sociais, logo cedo, na parte da manhã, você pode começar a escrever imediatamente. Isto, é uma ótima dica por dois motivos: você estabelece um novo hábito, mais saudável, e aproveita a sua mente descansada para fazer as coisas mais importantes no início do dia;
  • Tente encontrar um feedback positivo para todos os bons hábitos que você praticou. Isso vai motivar a buscar mais mudanças positivas ao longo do caminho.
  • Encontre, também um feedback negativo para todos os seus hábitos negativos. Diga para os outros sobre as suas falhas e como você fez a mudança e ensine-os a fazer também. É incrível como você aprende ainda mais quando ensina o que já aprendeu.
  • Concentre-se mais no feedback positivo para reforçar os seus bons hábitos.

Como reforçar o foco

 

Além de desenvolver o hábito de se desligar, se desconectar, você precisa aprender sobre concentrar rituais.

Calma!


Nós não vamos fazer despachos aqui. Isso refere-se a uma série de ações que você precisa fazer habitualmente até se sentir fisicamente e mentalmente, compelido a fazê-las. Estas, tornam-se ações especiais que você precisa fazer.

Quando você começa a seguir um ritual, você pode se concentrar melhor e tornar-se mais criativo.

Alguns dos rituais que você pode tentar são os seguintes:

  • Comece as suas manhãs calmamente. Acorde antes dos outros membros da família. Não ligue o computador para acessar a internet. Faça uma corrida ou aproveite para meditar. Concentre-se.
  • Prepare uma lista de afazeres. Comece com as três maiores tarefas do dia, ou a principal, aquela que você quer terminar antes do fim do dia. E lembre-se, você deve se concentrar nas coisas que importam.
  • Aprenda a mudar o foco. Durante o decorrer do dia, você pode ser distraído por N motivos. Então se concentre nas tarefas importantes em suas mãos. Mas, faça pequenas pausas a cada 2 duas horas. Feche seu navegador, faça uma caminhada, em fim, limpe sua cabeça, em seguida, volte a olhar para a sua lista de coisas a fazer novamente e veja o que já atingiu, e continue…
  • Foco no trabalho, depois descanse. Faça este exercício, alternado para se certificar de manter o foco. Concentre-se durante 10 minutos, descanse por 2; mantenha o foco por outros 25, então descanse durante 5 minutos, e assim por diante.
  • Agora, uma contradição. “Eu amo contradição!” Concentre-se em duas coisas… legal não é? Você pode fazer isso quando você tem duas tarefas principais na mão, para terminar antes do final do dia. Mas você não deve fazer a troca rapidamente. Concentre-se na primeira tarefa por pelo menos 10 minutos, então passe para a próxima por mais 10 no próximo projeto, ou se concentre em um, até você perder o interesse nele antes de mudar para o outro. Isso faz um jogo mental, e parece até que você descansou entre um projeto e outro.
  • Opa! Agora sim! Conectar-se, com foco. Defina um certo tempo para verificar seu e-mail ou visitar as redes sociais, então volte a se concentrar em seus projetos. Depois, novamente, lazer, por outro período de tempo, então foco no trabalho. Repita este ciclo. Apenas, certifique-se de se manter produtivo.
  • Termine o seu dia. Desfrute da sua noite, desligando todas as distrações. Quando estiver com pessoas, esteja, realmente, com as pessoas.
  • Realize rituais semanais para manter o foco. Reveja a sua semana, olhe para os seus projetos, edite a sua lista de coisas a fazer, mude seus rituais de foco para incluir apenas aqueles que ajudam no trabalha, e reveja o resto de sua vida profissional e vida doméstica para ver o que precisa mudar.

Quando for fazer a sua mudança. Tenha em mente, fazer o que funciona melhor para você. Regras, são orientações, mas algumas pessoas se muito bem quebrando-as.

Não tente fazer uma mudança tão radical, no início, se você não der conta. Vá mudando aos poucos, no seu rítimo, você chega lá.

Para transformar completamente sua vida, acesse agora o poder do foco.

Sobre o autor | Website

Olá, seja muito bem vindo ao Blog. Sou Valderlei de Jesus, proprietário e administrador do blog. Sou autor do livro MindSet Dominado e também Hábitos de Sucesso, ambos digitais. Sou o criador do blog Viver Com Prosperidade, o melhor blog de desenvolvimento pessoal do Brasil, com mais de 50.000 assinantes.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!