O Poder do Foco Valderlei de Jesus

Escapando da Armadilha da Sobrecarga.

Escapando da Armadilha da Sobrecarga.

A falta de foco resulta em sobrecarga e esgotamento. Isso produz uma condição em que o indivíduo se sente mentalmente, emocional e fisicamente exausto.

O sentimento ocorre quando você se sente sobrecarregado e não consegue acompanhar as demandas. Como resultado, o caos também influencia a equação e o elemento faltante mais uma vez é o foco.

A sensação de ser persistentemente sobrecarregado pode facilmente fazer com que você perca o interesse, bem como a motivação e o coloca em um estado que deixa você se sentindo impotente, desamparado e extremamente cansado.

Mais uma vez, você pode estar tentando fazer muito – muito mais do que é realista.

Ao falar sobre esgotamento, lembre-se que não é uma mera exaustão que você experimenta. Isso não afeta apenas o seu desempenho, mas todos os aspectos da sua vida.

Por exemplo, o trabalho pode tornar-se insuportável, mas você também perderá o interesse em quase tudo o que você faz. O divertimento deixa de ser divertido, enquanto tudo insignificante começa a incomodar você.

Em um estado de esgotamento, esse sentimento não desaparece, mas fica de forma regular. Na verdade, ficar nesta condição desesperada provavelmente fará você acreditar que não há alternativa para sair dessa bagunça.

Então, como VOCÊ se tira dessa rotina?

Você direciona sua atenção para o foco.

Lembra-se do que o foi ensinado anteriormente?

A fórmula O QUE, PORQUE e QUANDO será muito útil quando você se sentir sobrecarregado.

Classifique as questões concentrando-se no que é importante, descubra por que é assim e quando lidar com isso. Uma vez que você tenha as respostas para essas perguntas simples, você pode, pelo menos, começar a deixar de se sentir sobrecarregado.

Destruição da sobrecarga

Escapando da Armadilha da Sobrecarga

Escapando da Armadilha da Sobrecarga

O problema de se sentir sobrecarregado é que nem sempre é possível identificar o motivo da sobrecarga. Os especialistas recomendam que, quando se sentir angustiado, procure ajuda de amigos, familiares e outros em quem você confia.

Eles não só podem lhe dar uma opinião externa, mas também podem ajudá-lo, citando exemplos de por que eles acreditam que você pode estar sobrecarregado e / ou esgotado.

Concentre-se para desfazer os efeitos da sobrecarga

Depois de identificar o gatilho para seus problemas, esteja preparado para fazer algumas mudanças sérias. Este esforço exigirá muito foco da sua parte, pois você não só terá que fazer mudanças sérias, mas também permanecer com elas por um tempo.

O lado positivo é que, uma vez que você começa a fazer a mudança, você também deve começar a se sentir mais motivado novamente.

Um bom lugar para começar é focando e trabalhando em alguns dos seguintes pontos:

  • Elimine a fonte da sobrecarga. Sempre que possível, evite o gatilho que está fazendo que você se sinta sobrecarregado. As sobrecargas relacionadas ao trabalho geralmente ocorrem por passar muitas horas trabalhando e muito pouco tempo com a família, amigos ou mesmo pouco tempo pessoal.
  • Tente viver de forma mais saudável. Ficar sobrecarregado pode facilmente prejudicar sua saúde, então envolva-se em alguma forma de atividade física para se dar uma pausa. Fazer uma pausa pode parecer contra intuitivo ao foco, a ideia é mudar o foco da causa do esgotamento e sobrecarga e redirecionar para cuidar de si mesmo.
  • Procure se alimentar bem. Concentre-se em cuidar de si mesmo comendo um pouco melhor do que antes. As chances são de que ao estar sobrecarregado, você também negligencia sua dieta. Afinal, a primeira coisa que a maioria das pessoas consegue quando está sobrecarregado é uma abundância de lixo alimentar. Reveja seus hábitos alimentares e reoriente sua alimentação para o que vai fazer você se sentir melhor – tanto por dentro como por fora.
  • Durma melhor. Por último, mas não menos importante, uma sobrecarga produzirá cansaço a longo prazo. O mecanismo de enfrentamento simples para esta questão é focar em obter boa qualidade e quantidade de sono.

Quando você quer sair desse estado de sobrecarga e esgotamento, lembre-se que o foco é a única coisa que contém tudo. É essa capacidade de se concentrar no seu bem-estar que permitirá que você remova toda a negatividade da sua vida.

O impacto de estar sobrecarregado

O impacto de estar sobrecarregado

O impacto de estar sobrecarregado

Enquanto você está em um estado interno de sobrecarga, as coisas podem ficar horrivelmente erradas no mundo externo.

Turbulência pessoal de lado, o mundo continua se movendo ao seu ritmo, continuando a bombardeá-lo com as tarefas e obrigações diárias, movendo-se a uma velocidade vertiginosa.

Com decisões e informações empilhadas o tempo todo, torna-se realmente difícil manter o foco. E, embora não seja capaz de detectar isso, há certas bandeiras vermelhas que podem identificar os hábitos mais comuns de pessoas que não estão focadas:

1# Eles não planejam

É muito difícil manter o foco sem um plano a ser executado. Os indivíduos não focados tendem a trabalhar pelo capricho, e não pela estratégia.

Eles parecem entrar em coisas que eles “pensam” que pode ser importante, sem realmente saber por quê.

Por outro lado, as pessoas que se concentram em seus objetivos têm uma estratégia para executar e se movem progressivamente através de sua agenda ao invés de aleatoriamente.

2# Eles perdem tempo

Se você se encontrar empregando pouco tempo na maioria de suas tarefas, provavelmente você não está focando no gerenciamento de tempo.

Você pode se aprofundar muito nas coisas menos importantes, onde não é necessário e acabar gastando muito tempo em uma tarefa específica que, com foco e planejamento, poderia ter sido atribuída a várias tarefas em vez disso.

Trabalhar sem foco faz com que se perca muito tempo.

3# Eles estão sempre atrasados

Falhar com o gerenciamento do tempo abre a susceptibilidade de sempre se atrasar. As pessoas sobrecarregadas não só tendem a se atrasarem o tempo todo, mas também exibem ideias irrealistas sobre o tempo para exercerem certas tarefas.

Por exemplo, uma tendência comum é ter uma ideia pouco clara sobre quanto tempo leva para chegar a certos lugares. Torna-se norma com tais pessoas calcular mal as distâncias ou negligenciar fatores externos que podem afetar os tempos de viagem.

Outro cenário comum é quando alguém assume um novo projeto sem terminar um anterior. O resultado não é mais que o caos, onde muitos dos projetos não são feitos e o indivíduo deixa de terminar um projeto em particular enquanto corre atrás de várias tarefas.

4# Eles se distraem facilmente

Pessoas sem foco são os alvos mais fáceis das distrações. Isso quer dizer que as distrações estão em toda parte; algumas delas são óbvias, outras não tanto. Mas eles conseguem fazer as coisas que precisam ser feitas.

Se você não está focado, cada vez que você alternar ou mudar de uma atividade para a próxima, haverá um intervalo de tempo entre elas.

Para pessoas não focadas, este vazio pode ser facilmente preenchido por distrações furtivas, como entrar em seu celular para vera as últimas atualizações dos seus perfis sociais, jogar e até mesmo uma simples conversa é suficiente para levá-los para longe da tarefa atribuída.

Isso soa como algo que lhe acontece muito?

Se assim for, você precisa trabalhar para desenvolver seu foco.

5# Eles são bagunçados, desorganizados e possivelmente até preguiçosos

A falta de foco deixa sua marca nas habilidades organizacionais de qualquer pessoa. Tais pessoas tendem a ser cercadas por desordem, incapazes de encontrar o que procuram e sofrem gravemente quando se trata de produtividade.

Eles também não conseguem cumprir as promessas, tendem a ignorar as consultas e são bastante propensos a cancelar seus compromissos no último minuto.

As pessoas sem foco passam por dificuldades em se comprometer e parecem preguiçosas quando continuamente não conseguem seguir um plano ou cronograma. Isso não só prejudica seus esforços, mas pode ser desastroso para sua reputação.

6# Eles se preocupam com tudo

Se você acha que se preocupa demais ou se agita em cada pequena coisa, você precisa redirecionar seu foco e canalizá-lo para coisas que são realmente importantes.

Aprenda a distinguir o material substancial do insubstancial e depois se concentre apenas nisso.

Foco não é apenas saber o que fazer, mas também saber o que não fazer.

Acessar o curso: O Poder do Foco!

Sobre o autor | Website

Olá, seja muito bem vindo ao Blog. Sou Valderlei de Jesus, proprietário e administrador do blog. Sou autor do livro MindSet Dominado e também Hábitos de Sucesso, ambos digitais. Sou o criador do blog Viver Com Prosperidade, o melhor blog de desenvolvimento pessoal do Brasil, com mais de 50.000 assinantes.

E-book Ideias Dinheiro!

Aprenda passo-a-passo como ganhar dinheiro trabalhando a partir de casa.

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!