Desenvolvimento Pessoal Valderlei de Jesus

Felicidade: como ser feliz?

Felicidade: como ser feliz?

Felicidade! Que bom seria se todos nós encontrássemos logo cedo na vida, a chave para essa tal felicidade. Mas, não é bem assim que acontece. Perdemos muito tempo com coisas pequenas, que nos roubam demasiado tempo, desnecessariamente.

As pessoas vivem a síndrome do “QUANDO”.

Quantas vezes ouvimos as pessoas dizerem que quando… isso ou aquilo serão felizes. Bom, não gostaria de dar essa notícia, mas tenho que dizer; definitivamente você não será feliz.

Pareço um tanto quanto pretensioso e mesmo grosso, eu sei. Definitivamente, não é essa a intenção. Mas é a verdade.

Se você não for feliz consigo mesmo não poderá ser feliz com os outros.

Serei feliz quando

 

Muitas pessoas passam a vida inteira achando que serão felizes quando tiverem mais dinheiro… quando tiverem a pessoa ideal… quando tiverem o emprego dos sonhos… tiverem a grande casa… e segue ao infinito… isso é o que eu chamo de a ilusão do quando…


Pois o que tenho visto não é isso. As pessoas que são felizes com essas coisas já eram felizes sem essas coisas.

Quando tiver aquele emprego… ganhar mais dinheiro… comprar a casa grande… então serei feliz.

Você precisa viver feliz antes. Precisa se conhecer melhor. Se você não se conhece, não assume a responsabilidade por sua vida. Acaba por a outra pessoa poder sobre sua vida e espera que ela o faça feliz. Muitas vezes essa felicidade, criada pelos os não é a mesma que você quer.

Responsabilizar os outros

 

Se estamos sozinhos, temos que aprender a ser feliz sozinho. Se você não é feliz com sua solidão não poderá ser feliz com uma outra pessoa.

Não é justo pegarmos alguém para burro de carga. Você não pode responsabilizar o outro por sua felicidade. Isso devia ser crime.

Encontrar alguém para jogar nos seus ombros as nossas dores, nossos sofrimentos é uma forma de dar ao outro poder sobre a nossa vida.

Jogar nossa felicidade nas costas dos outros é fugir de assumir nossa responsabilidade. Responsabilizamos outra pessoa por nossa felicidade. Isso é no mínimo maldade.

O que Shawn Achor comprovou em sua pesquisa para o livro “O jeito Harvard de ser feliz” é que as pessoas que tiveram grandes conquistas… que alcançaram o sucesso… seja o que for que sucesso venha a ser para você, essas pessoas já eram feliz antes.

A mim, me parece claro que não nos conhecemos o bastante. Então passamos uma vida inteira em desarmonia com nossos valores. E aqui entra uma palavra muito importante: valores.

Quais são verdadeiramente os meus valores?

 

A grande maioria de nós nunca nos fazemos essa pergunta. Se você não sabe os seus valores, então tenderá a ter uma vida infeliz, não importa quanto sucesso você aparente ter.

Palavras como; amor, dinheiro, paixão, sonho, sexo, determinação, persistência, trabalho, lazer, diversão. Quais pesam mais pra você?

Você realmente precisa entender o que é importante para você. Se você quer ser um bom pai, esposo, se o que mais importa para você é sua família e você busca como louco o dinheiro, você não será feliz.

O glamouroso sofrimento

 

Há também, as pessoas que adoram dramatizar. Supervalorizam o sofrimento, a dor, a solidão.

Você teve um dia incrível. Mas, no final do dia acontece algo desagradável. Algo que realmente o incomoda. Ao invés de agradecer pelo o dia maravilhoso que tivemos, nos focamos na parte ruim.

Quem nunca fez isso. Mesmo inconscientemente… é, fazemos muito isso o tempo todo. Tiramos toda a cor da vida. E nos agarramos ao cinza.

Já percebeu que as pessoas que adoram reclamar estão sempre reclamando?

Nossa….. eu já fiz muito isso. Agora me policio. É difícil largar o vicio. Mas é preciso. Dizem que aquilo em que focamos se expande. Logo, foque no que é bom.

Gratidão

 

O caminho mais curto para sairmos desse estado melancólico, de autodepreciação, é a gratidão como estilo de vida. Não somente dizer obrigado, mas ser grato. Sentir verdadeiramente gratidão abre as portas para novas perspectivas.

Foi comprovado cientificamente que as pessoas gratas, vivem mais, tem mais saúde, são mais felizes.

São vários os motivos para ser grato. E certamente, você também tem muitos e muitos motivos para agradecer, todos os dias.

Exercício:

1 – Prepare uma lista de 10 coisas para ser grato em sua vida.

2 – Reserve algum tempo para entender os seus valores. O que realmente é importante pra você.

3 – Assuma total responsabilidade por sua felicidade.

4 – Se você quer resultados rápidos e duradouro, faça um diário de gratidão e escreva todos os dias as suas bênçãos. Liste 10 coisas para ser grato todos os dias.

Sobre o autor | Website

Olá, meu nome é Valderlei de Jesus, proprietário e administrador do blog. Sou autor do livro digital VOCÊ PODE SER RICO e também do livro A Filosofia do Sucesso, também digital. Sou o criador do blog Viver Com Prosperidade, o melhor blog de desenvolvimento pessoal do Brasil, com mais de 20.000 assinantes.

Coloque o seu melhor e-mail e junte-se aos mais de 11.276 leitores inteligentes!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!