Tráfego Valderlei de Jesus

Retarget Marketing: Como trazer os visitantes anteriores de volta ao seu site.

Retarget Marketing: Como trazer os visitantes anteriores de volta ao seu site.

Retargeting é uma ferramenta poderosa à disposição de qualquer comerciante e é algo que pode ser altamente efetivo para transformar seus visitantes únicos em fãs e em clientes pagantes.

Nesta publicação, vamos abordar afundo o retargeting e, vamos ver precisamente o que é esta poderosa ferramenta de marketing. Ao mesmo tempo, porém, também vamos analisar algumas ideias e estratégias únicas e vamos analisar algumas práticas e dicas recomendadas.

Isso vai transformar uma estratégia poderosa em um sucesso obscenamente bem-sucedido para você e isso irá transformar seu sucesso online.

Então continue lendo e tome notas!

O que é o Retargeting

O Retarget marketing, mais conhecido como remarketing, é uma estratégia altamente impactante que você pode superar suas campanhas tradicionais de PPC.

Para aqueles que não sabem, PPC é o Pay Per Click. Esta é a publicidade que custa ao anunciante cada vez que um visitante clica em seus anúncios.

Esta é uma estratégia muito poderosa em si, porque permite que o anunciante defina exatamente o quanto eles estão dispostos a pagar por cada clique – o que, obviamente, irá igualar aos visitantes.

Se você resolver seu CLV (Customer Lifetime Value), então você tem uma ideia do quanto cada visitante em seu site vale para você em média (combinado com sua taxa de conversão).

Se você definir o orçamento para que seus cliques sejam inferiores a esse número, você poderá aumentar seu tráfego e garantir o lucro.

As duas ferramentas PPC mais conhecidas são o Google AdWords e os anúncios do Facebook. Ambos funcionam de maneiras semelhantes, embora o AdWords seja exibido em SERPs (Páginas de Resultados do Search Engine), onde o anunciante define o termo de pesquisa.

Os anúncios do Facebook, entretanto, aparecem na alimentação dos feeds do Facebook, mas são mostrados apenas aos visitantes que atendem aos critérios com base em seus dados demográficos, passatempos, interesses, localização etc.

O Google AdWords ainda abalou um pouco quando introduziu o conceito de remarketing. O remarketing significa que você exibe anúncios para pessoas que já estavam no seu site. Isso funciona usando cookies.

Um cookie é um pequeno arquivo que um site pode salvar no seu computador através do seu navegador. Quando uma pessoa visita seu site, o arquivo será adicionado ao navegador e isso estará disponível para os sites identificá-los até que se “limpe seus cookies”.

O Google AdWords usa este método para permitir o remarketing. Então, quando alguém visita uma página em seu site, um cookie é armazenado em seu computador. Então, quando eles visitam o Google, o Google os reconhece e mostra seu anúncio.

Por que você deve se preocupar com o remarketing

Agora você pode estar se perguntando por que você deveria se preocupar com o remarketing. Algumas pessoas pensam que o remarketing parece contra-intuitivo no início.

Retarget Marketing

Retarget Marketing.

Por que você gostaria de mostrar seus anúncios para alguém que já esteve em seu site? Certamente essas são as pessoas que não precisam mais mostrar os seus anúncios, afinal elas já o viram antes, certo?

A resposta é que o remarketing permite que você alcance o “que escapou”.

Pense nisso. Quando alguém gastou algum tempo em sua página da web e esteve na página de checkout de um item específico, é provável que eles estejam pelo menos um pouco interessados ​​em comprá-lo. Pelo menos um POUCO.

Eles provavelmente acabaram por não se comprometer porque estavam preocupados com o dinheiro, porque foram interrompidos ou porque decidiram dormir.

Eles vão embora e “pensam sobre isso”. Mas eles se esquecem disso. E eles nunca voltarão.

Mas ENTÃO eles um dia veem os seus anúncios aparecerem em suas buscas, nos feeds do Facebook e eles lembram que estavam interessados ​​neste produto. De repente, seu interesse é picado mais uma vez e eles consideram voltar ao site, verificá-lo novamente e talvez clicam em ‘comprar’.

Isso provavelmente acontece muito mais do que você pensa. E se você é um comerciante online e não o usa, você está “deixando dinheiro na mesa”. E há muitas razões para isso.

Em primeiro lugar, você sabia que a maioria das compras que fazemos é baseada em emoções e não em lógica?

Normalmente compramos coisas porque nós as desejamos. Porque podemos imaginar que elas pareçam bem em nossas mãos. Porque queremos que outras pessoas tenham uma pontinha de inveja.

Porque sentimos que “merecemos um deleite”. Todas essas coisas são fatores emocionais que nos influenciam.

Mas se nós parássemos e pensássemos logicamente sobre essas coisas, muitas vezes, na verdade, chegaríamos à conclusão de que não precisamos delas de verdade.

Você PRECISA de um novo computador? O seu não funciona bem? Não seria melhor esperar até que ele morra de vez ou até que você tenha uma chance melhor, de algum tipo?

Este é o trabalho de qualquer bom vendedor: construir esse lado emocional.

  • Eles nos fazem sonhar com produtos e o que eles podem fazer por nossas vidas.
  • Eles nos fazem imaginar segurá-los – possuí-los e eles tentam descartar nossos medos sobre o que poderia acontecer se gastarmos o dinheiro.

É por isso que a maioria das páginas de vendas inclui uma forma de pressão. Eles querem que nós compremos rapidamente e eles certamente não querem que nós vamos embora para pensar sobre isso, por que se pensarmos, muito provavelmente não compraremos.

Se você for embora e pensar nisso, é provável que você não volte para finalizar sua compra. Porque quando agimos impulsivamente, é quando deixamos que nossas emoções dominem e, é nesta condição que compramos desenfreadamente.

Quer parar de gastar dinheiro?

Basta colocar sua carteira em um cofre e dizer o código apenas ao seu parceiro. O esforço de perguntar-lhe e admitir que você está comprando algo mais o impedirá de fazer compras por impulso!

Se você é o vendedor, você sabe que se alguém sair, você perdeu. A menos que, você pode tentá-los a voltar.

Melhor ainda, imagine que você os tente a voltar em um momento em que eles estão se sentindo um pouco cansados ​​e um pouco vulneráveis. Mais uma vez, eles sentem que eles merecem uma recompensa. Sua determinação é um pouco menor do que o normal. Eles não têm a vontade de dizer não, nem a força mental para isso.

E, se sua oferta parece tão boa, eles estarão inclinados a comprar.

Esse é o poder do remarketing.

Outras formas de Remarket

Embora o Google AdWords seja a plataforma mais associada ao remarketing, existem outras formas de usar esta mesma estratégia através de diferentes meios e canais.

Por exemplo, usando um autoresponder, também é possível enviar e-mails para membros de uma lista que tenha visitado suas páginas antes. Neste caso, você pode, mais uma vez, sugerir a alguém que perdeu o interesse e fazer com que eles voltem e confira o produto novamente.

E falando de listas de contatos – autoresponder, o Facebook possui uma ferramenta que permite exibir anúncios somente para pessoas na sua lista. Esta estratégia funciona um pouco diferente. Nesse caso, você não está lembrando as pessoas que já estiveram em suas páginas de produtos para reconsiderar.

Em vez disso, você está mostrando a pessoas que são fãs da sua marca e que, consomem o seu conteúdo e, podem obter mais conteúdo de você ou comprar mais produtos.

Ambos são levemente diferentes, assumem a mesma estratégia e ambos podem funcionar bem.

Claro, você também pode encontrar outras formas de remarketing.

Com uma pequena habilidade de codificação, você pode fazê-lo para que os produtos que as pessoas olhassem anteriormente no seu site são os primeiros que aparecem quando visitam novamente.

Ideias de remarketing e maneiras de fazer mais com ele

O remarketing não é uma estratégia em si mesma, como uma ferramenta que você pode usar de várias maneiras. O sucesso do remarketing, é, em última instância, provável que venha ao modo como você escolhe utilizá-lo.

Vamos dar uma olhada em algumas ideias e dicas que podem ajudá-lo a obter um uso mais poderoso do remarketing.

Reconsiderar sua Copy

Ao escrever a Copy do seu anúncio para o remarketing, é importante que você adote uma abordagem diferente da que usaria habitualmente.

Ou seja, você normalmente pode usar o remarketing como uma forma de aumentar a consciência da marca e dizer ao seu público tudo sobre o quão incrível é o seu produto.

Mas pense nisso: se as pessoas já visitaram seu site e tentaram comprar com você, então eles não precisam ser convencidos sobre isso. Em vez disso, o que eles precisam é apenas daquele pequeno impulso que os levará ao limite e os converterá de quase, para compradores.

Para fazer isso, você pode se concentrar em lidar com as objeções prováveis. Quando as pessoas vão comprar de você, é provável que elas tenham uma série de preocupações. Estas preocupações são provavelmente relacionadas ao risco, ao dinheiro que eles têm que gastar, etc.

O seu trabalho agora é concentrar-se nessas coisas e conversar com o seu público para vencer essas objeções. Você pode fazer isso informando sobre sua garantia de 100% de devolução do dinheiro. Você pode fazê-lo, lembrando-lhes que 9/10 clientes adoram o seu produto. Ou você pode fazê-lo, apontando como a compra de seu produto é, em muitos aspectos, um investimento para eles!

Seja lá o que fizer, aprofunde sua Copy e o seu título de acordo com o que você já teria utilizado anteriormente.

Oferecer um desconto

Uma das melhores maneiras de levar as pessoas a reconsiderar a compra é dar-lhes uma boa razão para finalizar a compra, que não tinham antes. E talvez a maneira mais óbvia de fazer isso é oferecendo um desconto que não estava disponível anteriormente.

Você pode reduzir o custo do seu produto, por exemplo, ou pode lançar um bônus extra apenas por tempo limitado.

Seja qual for o caso, oferecer um desconto é uma ótima maneira de fazer as pessoas não só reconsiderar sua decisão, mas também agir sobre emoção e urgência, em vez de serem lógicas e considerar os pós e contras – o que provavelmente é o que as impediu de comprar antes!

Imagine que você olhou para algo que realmente queria, mas você se afastou disso. Então, dias depois, você receberá um e-mail informando que existe um desconto que você economizará 20% e só é válido por 1 dia. O que você faz?

Promover um produto diferente

Aqui está algo que muitas vezes as pessoas não consideram: oferecer um produto ligeiramente diferente.

Por exemplo, se alguém olhou para uma camisa em seu site e eles realmente pensaram em comprá-la, mas não o fizeram, então você sempre pode mostrar-lhes uma camisa diferente que possa atender melhor aos seus gostos.

Você sabe que esta pessoa chegou perto de comprar e talvez o produto simplesmente não fosse o certo para eles. Então, se você tiver algo mais parecido, você provavelmente pode levá-los a mudar de ideia e clicar em ‘comprar’ e depois finalizar a compra.

Muitas vezes, o melhor produto “diferente” para promover é aquele que é muito similar, mas um pouco mais barato. Isso funciona porque haverá uma comparação feita entre os dois produtos. E dessa forma, você pode usar uma estratégia conhecida como “contraste”.

Nas vendas, o contraste significa colocar dois itens ligeiramente diferentes um ao lado do outro, convidando a comparação.

Ao fazer isso, você chama a atenção para as diferenças. O item mais caro agora se torna muito mais PREMIUM.

Este é o “melhor” produto e aquele que o comprador deve realmente querer. Enquanto isso, a opção mais barata oferece melhor valor para o dinheiro.

Melhor ainda, uma versão mais barata do mesmo produto permite que um potencial comprador evite a culpa que pode resultar de fazer uma grande compra.

Eles podem dizer a si mesmos “pelo menos eu escolhi a versão mais baratinha”. Dessa forma, eles sentem que fizeram algo de bom, em vez de algo ruim!

Oferta aos compradores

O remarketing não é apenas útil para aqueles que escaparam. Também é muito útil para quem já comprou. Alguém que comprou de você é realmente mais provável do que qualquer outra pessoa a comprar de você novamente.

Este é alguém que demonstrou interesse no que você faz e no que você vende e, melhor, já mostrou uma pré-disposição para gastar dinheiro. Se seus detalhes já foram salvos como uma conta em seu site, então melhor ainda: isso remove ainda outra barreira para a entrada.

Como você pode ver, há muitas maneiras diferentes de usar o remarketing como uma ferramenta poderosa para criar seu público e ganhar mais dinheiro.

Então dê uma chance!

Sobre o autor | Website

Olá, meu nome é Valderlei de Jesus, proprietário e administrador do blog.
Sou autor do livro digital VOCÊ PODE SER RICO e também do livro A Filosofia do Sucesso, também digital.
Sou o criador do blog Viver Com Prosperidade, o melhor blog de desenvolvimento pessoal do Brasil, com mais de 20.000 assinantes.

E-book Ideias Dinheiro!

Aprenda passo-a-passo como ganhar dinheiro trabalhando a partir de casa.

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!